Céu Azul em risco iminente de epidemia de dengue

Categoria: Saúde Publicado: Segunda, 29 Janeiro 2018

O índice de infestação do mosquito da dengue há 10 anos não era tão alto em Céu Azul. De acordo com informações do Departamento de Vigilância em Saúde e Combate a Endemias, nem mesmo em 2015, quando a cidade sofreu com uma epidemia de dengue, o índice que mede o nível de infestação atingiu os números atuais. As autoridades de Saúde do município, assim que tiveram ciência dos números, ainda no final de semana (27 e 28/01), emergencialmente, iniciaram uma campanha que alerta a população do risco de uma nova epidemia.

As condições climáticas, com chuvas seguidas de sol forte, tem criado um ambiente propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor que transmite, além da dengue, febre chikungunya, zika vírus e febre amarela. As agentes de endemias, além do trabalho rotineiro que fazem para o controle de infestação, nos últimos dias estão redobrando a atenção. “Ainda temos pessoas que insistem em depositar entulhos nos quintais [veja fotos]. Isso dificulta nosso trabalho”, disse Leunilda Ahlmann, que coordena os trabalhos de combate a endemias. “Basta uma pessoa doente vir para Céu Azul que podemos ter uma nova epidemia”, lembra.

CONVOCAÇÃO:

A Secretaria de Saúde está convocando toda a população para redobrar os cuidados. Tampar caixa d´água e cisternas, cobrir com areia os vasos de plantas, limpar calhas e eliminar do quintal tudo que pode servir de criadouro para o Aedes, fazem parte dos cuidados mínimos que o cidadão deve adotar.

Os entulhos podem ser depositados em frente às residências que equipes da Prefeitura farão o recolhimento em todos os bairros da cidade. “Com a ajuda da população podemos livrar nosso Município de uma epidemia”, acentua a secretária de Saúde, Verônica Ribeiro.

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO COM SEUS AMIGOS PELO FACEBOOK E WHATSAPP - Contamos com sua colaboração!!!

#CéuAzulContraADengue #compartilhe #colabore

Acessos: 205