Céu Azul monitora pacientes com suspeita de dengue

Categoria: Saúde Publicado: Sexta, 02 Fevereiro 2018

Quatro pacientes estão sendo monitorados pela Secretaria de Saúde de Céu Azul suspeitos de terem contraído dengue. Três deles são moradores do centro da cidade e outro do Bairro Industrial. O alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti, verificado na cidade, pôs em alerta as autoridades de saúde que agora aguardam o período certo para o resultados dos exames, que podem confirmar ou não a doença nestes pacientes.

De qualquer forma fica o alerta para a população que, desde a semana passada, está sendo chamada a eliminar os focos de criação do mosquito. Há mais de 10 anos o Município não apresentava um índice tão alto de infestação, medido pelo Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti - LIRAa, hoje em 2,70.

O grande receio, se forem confirmados os casos suspeitos, é a transmissão da doença por meio do mosquito, visto o alto índice de infestação. Todos os pacientes viajaram recentemente para outras regiões. Mato Grosso do Sul, Foz do Iguaçu, Cascavel e cidades de Santa Catarina, estavam nos roteiros das viagens dos pacientes em suspeição.

As condições climáticas, com chuvas seguidas de sol forte, tem criado um ambiente propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor que transmite, além da dengue, febre chikungunya, zika vírus e febre amarela. As agentes de endemias, além do trabalho rotineiro que fazem para o controle de infestação, nos últimos dias, estão redobrando a atenção.

CUIDADOS: Tampar caixa d´água e cisternas, cobrir com areia os vasos de plantas, limpar calhas e eliminar do quintal tudo que pode servir de criadouro para o Aedes, fazem parte dos cuidados mínimos que o cidadão deve adotar. Os entulhos podem ser depositados em frente às residências que equipes da Prefeitura farão o recolhimento em todos os bairros da cidade.

SINTOMAS DA DENGUE: Os sintomas são febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares. Em casos graves, há hemorragia intensa e choque hemorrágico (quando uma pessoa perde mais de 20% do sangue ou fluido corporal), o que pode ser fatal. AS PESSOAS PODEM TER: Dores locais: nos músculos, atrás dos olhos, costas, no abdômen ou ossos. TIPOS DE DOR: forte nas articulações. No corpo: febre, fadiga, mal-estar, perda de apetite, tremor ou suor. TAMBÉM É COMUM: dor de cabeça, manchas avermelhadas ou náusea.

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO COM SEUS AMIGOS PELO FACEBOOK E WHATSAPP - Contamos com sua colaboração!!!

Acessos: 88