Obra de recape da via de acesso a UDM da Lar já foi executada

Categoria: Viação e Obras Publicado: Quinta, 07 Dezembro 2017

O prefeito Germano Bonamigo fez questão de reunir os nove vereadores para visitar a obra de recape da via que dá acesso a UDM - Unidade de Distribuição de Mercadoria da Cooperativa Agroindustrial Lar, no Bairro Boa Vista. O assunto vem sendo discutido desde abril quando os vereadores Telmo Cardoso, Claudete Maranhão, Darcy Borchart e Mário Mittmann indicaram ao prefeito a execução da obra.

Com uma história de mais de 50 anos a Cooperativa foi a responsável pela retomada do desenvolvimento do Município, a partir dos anos 80, quando comprou a Oleolar que estava desativada. Nesta época Céu Azul amargava um período de baixa estima da população com o fechamento de inúmeros postos de trabalho e a lenta movimentação mercantil que se abateu no município.

A chegada da Cootrefal (como se chamava a cooperativa na época) foi a redenção para a economia de Céu Azul. Os negócios aos poucos foram sendo retomados, o ânimo voltou e comércio local passou a viver a expansão dos negócios. A UDM (antiga arrozeira), que emprega quase 100 dos 400 trabalhadores da cooperativa em Céu Azul, movimenta hoje um mix de mais de 130 produtos.

Além de levar o nome de Céu Azul nos rótulos dos produtos para todo o Brasil, a unidade é responsável por boa parte dos mais de R$ 16 milhões em ICMS recolhidos por ano pela cooperativa no Município, o que gera um retorno considerável do imposto ao erário municipal. Um dos maiores volumes de movimentação de carga da UDM é da linha de beneficiamento e classificação de ovos, com uma produção diária de 1.700 caixas (612.000 ovos). O recape vai acabar com os prejuízos com a quebra dos ovos que eram ocasionados pela má conservação da via. Com isso a Lar pretende triplicar a produção até o final de 2018.

CÂMARA REPASSOU R$ 75 MIL

A obrigação de manter a via em boas condições de trafegabilidade é do Município mas, mesmo assim, a direção da Cooperativa, por seu presidente, Irineo da Costa Rodrigues, propôs bancar 50% deste valor. O recape do prolongamento da Rua dos Timburis, com 4.326 m2, custou R$ 155.952,92.

A obra chegou a estar ameaçada depois que dois Projetos de Lei que dispunham sobre a abertura de crédito adicional especial ao orçamento terem sido rejeitados, pela maioria que compõem a Câmara, em duas votações. Até então o Município iria bancar os outros 50% do valor. Mas, com novas negociações, os vereadores reconsideram a matéria e resolveram devolver ao Município R$ 75 mil - pouco menos de 50% do valor da obra - do caixa da Casa. Agora, por fim, o executivo será onerado em menos de R$ 3 mil dos recursos próprios.

Participaram da visita a obra, na segunda-feira (04/12): Anacleto Perondi (gerente do entreposto da Lar de Céu Azul), prefeito Germano Bonamigo, o chefe de Gabinete Luiz Oliveira e os vereadores, Telmo Cardoso; Claudete Maranhão; Darcy Borchart; Mário Mittmann; Adriano José; Eliazar Brizolla; Maria Margareth; Darci Rieger e Enivaldo Dalmás.

 

Acessos: 135